Notícias

O professor português Boaventura Sousa Santos participou nesta sexta da plenária da campanha “Vamos Precisar de Todo Mundo”, ação criada pelos principais movimentos e organizações políticas de esquerda no Brasil.

 

A campanha celebrou 100 dias de ações de solidariedade em diversas partes do Brasil com a doação de 3,2 mil toneladas de alimentos, além de produtos de higiene e limpeza em comunidades rurais e periferias das cidades.

 

Boaventura foi o principal convidado da atividade, e aproveitou a oportunidade para tecer críticas ao governo brasileiro “O Brasil é um dos poucos países do mundo que está tendo de conviver com duas crises: a pandemia e a crise política, com um governo genocida e negacionista”, disse.

 

Em sua fala, o sociólogo afirmou que o governo Bolsonaro é fruto do “impeachment mais injusto da história da América Latina”, referindo-se à presidenta Dilma, e de uma conspiração do judiciário brasileiro com os EUA, quando citou a prisão de Lula e as recentes revelações sobre a relação da Lava Jato e o Departamento de Justiça americano.

 

Boaventura acusou ainda medidas tomadas pelo governo durante a pandemia, como o ajuste fiscal e a privatização da água. “É preciso ser ‘Fora Bolsonaro”, disse, “e é preciso ser fora Guedes também”.

0
0
0
s2smodern

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar