Quarta, Nov 22nd

Last updateTer, 14 Nov 2017 3pm

Sintratel fixa prazo para empresa NDJ quitar débitos trabalhistas

Em reunião realizada na sede do Sindicato no dia 24 de outubro, ficou estabelecido o dia 31 de outubro como prazo final para a direção da empresa apresentar uma proposta de quitação dos débitos acumulados.

Cadê-meu-SalarioDa reunião participaram dirigentes do Sintratel, representantes da direção da empresa e uma comissão de trabalhadores.

Nas discussões a empresa declarou estar ciente da necessidade de efetuar o pagamento dos salários e benefícios em atraso dos seus empregados, referente aos meses de agosto, setembro e outubro de 2017, bem como das comissões desses mesmos meses.

A empresa também está ciente da necessidade de quitar o débito acumulado por falta de repasses ao FGTS e ao INSS, tanto a parte empresarial quanto a que foi descontado dos trabalhadores em folha de pagamento.

O pagamento dos salários em atraso devem vir com acréscimo do valor referente à multa do artigo 459 da CLT, que impõe multa por atraso de pagamento. Esse valor deve, inclusive, ser pago para regularizar as rescisões contratuais realizadas no período.

Ficou estabelecido na reunião que a empresa deve apresentar proposta para quitação dos salários e benefícios atrasados, das rescisões de contratos de trabalho com as referidas multas e de regularização dos débitos junto ao INSS e ao FGTS até o dia 31 de outubro de 2017, em reunião a ser realizada as 14h00 na sede do Sintratel. A expectativa é chegar a um acordo para sanar os problemas sem que seja necessário partir para medidas judiciais junto ao Ministério e à Justiça do Trabalho.

Vale lembrar que essa empresa presta serviços a diversos órgãos públicos, como prefeitura, governo do estado e secretarias municipais e estaduais, e não pode apresentar irregularidades que firam as regras das licitações públicas. 

DECRETO Nº 6 523

Código de ética

Criança e adolescente